Corpos carbonizados podem ser de casal de Valadares ~ Plantão Policial

Corpos carbonizados podem ser de casal de Valadares

MANHUAÇU (MG) - Polícia apura se casal de Governador Valadares são as vítimas carbonizadas em carro queimado na lavoura de café em São Sebastião do Sacramento, na zona rural de Manhuaçu.
Ivan Gonçalves dos Santos, 42 anos e Claudineia Pereira da Silva, 20 anos, estão desaparecidos desde o dia 04. Eles são de Governador Valadares e o carro pertencia ao homem.
No fim da tarde de segunda-feira, 12 a Polícia Militar recebeu uma ligação telefônica dando conta de que havia uma carro totalmente incendiado em meio a uma lavoura de café no Córrego São Sebastião da Cachoeira Alta, zona rural de Sacramento e que havia um corpo carbonizado no interior do veículo.
No local, a Polícia Militar verificou que o veículo encontrava-se totalmente incendiado e que tratava-se de um VW modelo Space Fox, de cor branca, placa OVL-7458 - licenciado no município de Dourados-MS.
No interior do veículo foram encontrados dois corpos humanos completamente carbonizados.
Os policiais militares verificaram que veículo foi projetado para dentro do cafezal, fora da estrada de servidão, similar a uma saída de pista. Na estrada havia marcas de pneus que direcionavam para o interior da lavoura onde diversos pés de café foram amassados e outros incendiados.
A Polícia Militar ainda está fazendo levantamentos para identificar o que aconteceu, apenas pelas marcas de pneus e pés de café quebrados não dá para se precisar ou saber se foi um acidente ou se foi um crime provocado.
Levantamentos obtidos através da Polícia Militar de Dourados - MS, apontam que o proprietário do veículo trata-se de Ivan Gonçalves dos Santos, 42 anos, natural da cidade de Governador Valadares – MG.
A Polícia Militar de Governador Valadares localizou a mãe do proprietário do veículo.
Segundo informações obtidas através de familiares, Ivan teria viajado juntamente com sua companheira Claudineia Pereira da Silva, 20 anos e estariam ausentes de casa desde o domingo 04/06/2017. Informações confirmadas também pela mãe da jovem.
A Perícia da Polícia Civil compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe, liberando os corpos para o serviço funerário Em Vida, que transportou os corpos para o necrotério do HCL em Manhuaçu de onde seguirão posteriormente para a capital Belo Horizonte onde serão submetidos a exames de DNA com vistas na identificação dos corpos e da causa mortis.
As Polícias Militar e Civil ainda não confirmaram a identidade dos corpos localizados, as possíveis vítimas foram apontadas através de levantamentos do serviço de inteligência da Polícia Militar e Polícia Civil, partindo da placa de identificação do veículo e por meio de informações prestadas por familiares do proprietário do veículo. 
A identificação final das vítimas carece de exames técnicos minuciosos e imprescindíveis para a identificação dos corpos.
Na tarde desta terça-feira, familiares das supostas vítimas procuraram as autoridades policiais militares e civis para fornecerem material genético com objetivo de colaborarem na identificação dos corpos.
O veículo foi removido serviço de remoção credenciado Pátio Manhuaçu.    
Portal Vilanova/Portal Caparaó de Manhuaçu



Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário