Operação prende da PC foragido em Mesquita ~ Plantão Policial

Operação prende da PC foragido em Mesquita



Uma operação, realizada por policiais civis de Santana do Paraíso e Mesquita, localizou e prendeu, na desta terça-feira (23), o foragido Raul Soares Evangelista, de 23 anos. Ele é suspeito de tentar matar Cleidiomar Barbosa de Melo, no dia 11 de fevereiro de 2016.
IPATINGA - Uma operação, realizada por policiais civis de Santana do Paraíso e Mesquita, localizou e prendeu, na desta terça-feira (23), o foragido Raul Soares Evangelista, de 23 anos. Ele é suspeito de tentar matar Cleidiomar Barbosa de Melo, no dia 11 de fevereiro de 2016, em um posto de combustíveis em Mesquita/MG. O comparsa dele no crime, Antônio Fernandes dos Santos Júnior, conhecido como “Junin Badu”, já havia sido preso pela Polícia Civil.
A operação é um desdobramento das investigações que levaram a prisão de Fillipe Cordeiro dos Santos, de 20 anos, o “Fillipe Badu” que foi preso em maio deste ano pelo homicídio que vitimou Cleidiomar em 27 de dezembro de 2016, também em Mesquita.
Raul, que estava foragido desde junho de 2016 quando teve a prisão preventiva decretada pela Comarca de Mesquita, estava sendo procurado na região de Mariana/MG, mas acabou sendo localizado e preso na residência de Antônio dos Santos, “Tunico Badu”, pai de “Junin Badu” e “Fillipe Badu”.

A TRAMA

A origem do desentendimento é um conflito familiar ocorrido em 2015, quando a vítima teria agredido uma irmã de “Junin Badu” e “Fillipe Badu”. Na ocasião, a dupla jurou Cleidiomar de morte.
Em fevereiro de 2016, “Junin Badu” e Raul, que foi preso ontem, fizeram uma emboscada para a vítima em um posto de gasolina na cidade de Mesquita, mas Cleidiomar conseguiu fugir.
Em dezembro de 2016, “Fillipe Badu” e Luiz Antônio Silva Soares, de 35 anos, irmão de Raul, atentaram novamente contra Cleidiomar, que não resistiu aos ferimentos e morreu na zona rural de Mesquita, próximo ao sítio da família “Badu”.
Luiz Soares ainda é procurado pela Polícia. Os outros envolvidos estão presos e à disposição da Justiça.
Em abril, saldo de empregos com carteira assinada foi positivo em todos os setores da economia.
Fonte: Diário Popular 
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário