Ex-empresário de Cristiano Araújo, Didi Latino morre no RJ; sertanejos lamentam ~ Plantão Policial

Ex-empresário de Cristiano Araújo, Didi Latino morre no RJ; sertanejos lamentam

D’Stefany Vaquero Lima foi encontrado ferido e morreu em um hospital. Compositor, ele também trabalhou com a dupla Humberto e Ronaldo.


Cantor Felipe Araújo lamentou morte de Didi Latino (Foto: Reprodução/Instagram)



Várias duplas sertanejas publicaram mensagens de pesar nas redes sociais nesta quarta-feira (24) lamentando a morte do ex-empresário e compositor D’Stefany Vaquero Lima, conhecido como Didi Latino. Ele, que já trabalhou com nomes como Cristiano Araújo e Humberto e Ronaldo, foi encontrado por policiais militares ferido em uma via pública no Rio de Janeiro, na madrugada de terça-feira (23). Mesmo socorrido, morreu no hospital horas depois.


De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares 33º BPM do RJ faziam um patrulhamento pela Rodovia Rio-Santos, após o túnel de Muriqui, sentido capital, quando encontraram Didi caminhando com as roupas cheias de sangue. Ainda segundo o documento, aparentemente, ele apresentava quatro perfurações "e não soube descrever o que tinha acontecido, visto que falava palavras sem nexo".


A ocorrência destacaque Didi foi socorrido em seguida e, naquele momento, portava um passaporte, dois cartões bancários e R$ 500 em espécie.


Responsável por investigar o caso, o delegado Anderson Ribeiro Pinto, titular da 165ª DP de Mangaratiba, explicou que os policiais levaram D’Stefany para o Hospital Municipal Victor de Souza Breves, onde passou por cirurgia, mas faleceu por volta das 23h de terça-feira.


"Investigações estão em andamento na unidade para apurar as circunstâncias e a autoria do crime", ressaltou, em nota, o delegado.




Homenagens




O cantor Felipe Araújo, irmão de Cristiano, postou uma foto de Didi e escreveu na legenda: "Que Deus te abençoe, pastor. Descanse em paz".


Humberto, da dupla com Ronaldo, também lamentou morte de Didi Latino, Goiás (Foto: Reprodução/Instagram)





Já o cantor Humberto, da dupla com Ronaldo, colocou uma foto junto dele junto com o empresário. Ele contou que já conhecia Didi há quase dez anos e lamentou a morte. "Oito anos atrás começava uma amizade, uma história, dois sonhadores, que nunca desistiram. A vida nos levou a caminhos diferentes, mas nunca distantes. Difícil saber o que falar essa hora. Que Deus te receba de braços abertos irmão. Descanse em paz!".


Outro depoimento emocionado foi o do cantor Mateus, que canta com o parceiro Kauan. Ele revelou que já compôs uma canção junto com o empresário e lamentou como Didi foi morto.


"Não dá pra acreditar que você se foi irmão, De uma forma tão cruel. Vai fazer muita falta pra todos que puderam te conhecer. Vá em Paz e encontre o seu grande amigo Cris".


O cantor Thiago Brava também postou uma foto e escreveu sobre o sentimento ao saber da morte. "Que notícia triste! Um dos caras mais inteligentes que já conheci. Que deus conforte sua família pastor".


O produtor musical Rafael Vannucci, que trabalhou com Cristiano Araújo, disse que, atualmente, Didi era tranquilo e foi muito importante para ajudar o cantor a construir uma carreira de sucesso. “Ele não tinha problemas, era um cara da paz. Foi um colaborador que ajudou muito na carreira do Cristiano”, disse ao G1.
Fonte: G1 GO
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário